Japão vai financiar porto e pontes em Moçambique

O montante do financiamento japonês às infraestruturas moçambicanas foi divulgado, segunda-feira, durante a assinatura do respetivo acordo pelo vice-ministro dos Negócios Estrangeiros moçambicano, Eduardo Koloma, e pelo embaixador do Japão em Moçambique, Ryuici Nasu.

A maioria da verba, pouco mais de 25 milhões de euros destinam-se à reabilitação do Porto de Nacala, uma infraestrutura importante para o escoamento do carvão produzido nas reservas da província de Tete, centro de Moçambique, e pouco mais de 1,3 milhões de euros irão para a construção das 13 pontes. 

"A construção e reabilitação de pontes, bem como a reabilitação do Porto de Nacala irão contribuir bastante para o aumento da rede rodoviária e assegurar que mais moçambicanos tenham acesso facilitado para os diferentes pontos da região", disse a fonte.